Eletricidade e Gás

Ligue já!

Contáctanos para nuevas contrataciones
o
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Acepto la política de protección de datos.
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
Contacte-nos

Eficiência energética

O que é a Eficiência Energética?

Por definição, a eficiência energética consiste na relação entre (i) a quantidade de energia utilizada ou empregue numa determinada atividade ou acção, a energia disponibilizada para a sua realização.

Poderemos ainda definir como um conjunto de ações para o uso racional de energia, que promova o uso de modo eficiente em busca de um determinado resultado.

Exemplo: A substituição de lâmpadas tradicionais por luminárias LED ou a substituição de equipamentos mais obsoletos por equipamentos mais eficientes, de classe energética superior ( A +++)

Poderá encontrar mais informações junto da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) e da Entidade Reguladora dos Serviços Energético (ERSE)

Etiqueta energética, o que é?

A Etiqueta Energética é uma forma uniformizada de permitir identificar facilmente os eletrodomésticos mais eficientes, permitindo assim uma a comparação com eletrodomésticos similares.

Permite fazer escolhas mais sustentáveis e, assim, poupar na fatura da eletricidade.

A Etiqueta Energética foi regulamentada pela União Europeia, que determinou a sua utilização obrigatória em todos os países-membros. É cada vez mais baseada em pictogramas e em valores de consumo energético que permitem facilmente quantificar o desempenho energético e identificar o tipo de produto a que se refere a etiqueta.

Poderá consultar mais informações no portal poupaenergia, no site da DGEG aqui ou no site oficial da Classe +:

https://www.dgeg.gov.pt/pt/areas-setoriais/energia/eficiencia-energetica/ecodesign-e-etiqueta-energetica/

https://poupaenergia.pt/importancia-da-etiqueta-energetica-2/

https://www.classemais.pt/classemais/conhecer/etiqueta/

Como ler a etiqueta energética?

Poderá encontrar uma etiqueta energética nos produtos consumidores de energia  que não utilizando energia diretamente influenciam o consumo de energia.

Todas as etiquetas devem possuir os seguintes elementos:

  • Nome fabricante ou marca e identificação do modelo;
  • Escala de eficiência energética, identificadas por setas coloridas que distinguem os produtos mais eficientes através da cor e da letra associadas ao seu desempenho;
  • consumo anual de energia em kWh;
  • classe de eficiência energética;
  • pictogramas que evidenciam certas características de um produto.

Uma etiqueta energética só é considerada como válida se todos os elementos acima referidos estiverem devidamente identificados e preenchidos.

Legislação sobre etiquetagem energética:

Decreto-Lei nº 63/2011, de 9 de Maio

Gás Natural – Eficiência Energética

Vantagens Gás Natural

O gás natural é uma energia utilizada no seu estado natural, isto é, sem necessidades de transformação, apresentando também a vantagem de, através de uma utilização racional, de traduzir numa maior eficiência energética comparativamente com a utilização de outras fontes de energia convencionais, nomeadamente outras energias fosséis.

Vantagens do Gás Natural:

  • Combustão mais limpa e com níveis menores de emissões de dióxido de carbono, por comparação com outras energias fósseis, como os gases de petróleo liquefeito (GPL: butano e propano), o gasóleo e o fuelóleo;
  • É mais eficiente, também por comparação com outras energias fósseis, por não ser necessária a sua transformação;
  • Nível de perdas no seu transporte é menor, chegando ao local de utilização praticamente na forma natural;
  • Os produtos resultantes da sua queima são inodoros, isentos de óxido de enxofre e de partículas de fuligem.

Como ser mais eficiente?

  • Evite desperdícios de gás e de água, verificando antes de abrir a torneira, se esta se encontra totalmente puxada para a posição de fria ou quente, consoante o que pretende;
  • Utilize acessórios redutores de caudal nas principais torneiras de água quente, de forma a reduzir a quantidade de água em cada utilização.
  • Na hora de cozinhar em fogões ou placas de gás escolha recipientes com uma base de diâmetro superior ao do disco, de forma a evitar perdas energética
  • Durante o período de inverno, regule os termóstatos para a temperatura de aproximadamente 20º (temperatura de conforto);
  • Utilize temporizadores e associe a um programa horário semanal, adaptado as suas necessidades de forma a assegurar uma maior eficiência energética, evitando perdas energéticas;
  • Sempre que utiliza um sistema de aquecimento, verifique tem as portas e janelas fechadas;
  • Procure manter as portas e Janelas em bom estado de conservação de modo a não se perder para o exterior o calor gerado pelo seu sistema de aquecimento;